A Vida Imortal de Henrietta Lacks by Rebecca Skloot

No critic rating

Waiting for minimum critic reviews

Synopsis

Henrietta Lacks era descendente de escravos e nasceu em 1920, numa fazenda de tabaco no interior da Virginia. Aos trinta anos, casada e mae de cinco filhos, Henrietta descobriu que tinha cancer. Em poucos meses, um tumor no colo do utero se espalhou por seu corpo. Ela se tratou no Hospital Johns Hopkins, e veio a falecer em 1951. No hospital, uma amostra do colo do utero de Henrietta havia sido extraida sem o seu conhecimento, e fornecida a equipe de George Gey. Gey demonstrou que as celulas cancerigenas desse tecido possuiam uma caracteristica ate entao inedita - mesmo fora do corpo de Henrietta, multiplicavam-se num curto intervalo, tornando-se virtualmente imortais num meio de cultura adequado. Por causa disso, as celulas 'HeLa', logo comecaram a ser utilizadas nas pesquisas em universidades e centros de tecnologia. Como resultado, a vacina contra a poliomielite e contra o virus HPV, varios medicamentos para o tratamento de cancer, de AIDS e do mal de Parkinson, por exemplo, foram obtidos com a linhagem 'HeLa'. Apesar disso, os responsaveis jamais deram informacoes adequadas a familia da doadora e tampouco ofereceram qualquer compensacao moral ou financeira pela massiva utilizacao das celulas. 'A vida imortal de Henrietta Lacks' reconstitui a vida e a morte desta injusticada personagem da historia da medicina. O livro demonstra como o progresso cientifico do seculo XX deveu-se em grande medida a essa mulher negra, pobre e quase sem instrucao.
 

About Rebecca Skloot

See more books from this Author
 
Published January 1, 2011 by Companhia das Letras.
Genres: Biographies & Memoirs.